Agora1

Assalto a carro forte na BR-376 termina com bandido morto e dois presos

6 de Fevereiro de 2018 - 20:36
Imagem/ Foto: Larissa Portes/SESP

Dois homens foram presos e um morreu em confronto, nesta terça-feira (6), após uma tentativa de assalto a cinco carros-fortes na BR-376, região dos Campos Gerais. A ousada ação aconteceu por volta das 9 horas da manhã, próximo à Colônia Witmarsum, entre São Luiz do Purunã e Ponta Grossa.

Entre 12 a 15 bandidos tentaram atacar os veículos, houve troca de tiros entre os criminosos e os vigilantes da empresa. Rapidamente, o helicóptero da Polícia Militar, policiais do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), unidade de elite da PM, do canil da PM, da Polícia Rodoviária Federal e do COPE (Centro de Operações Policiais Especiais), unidade de elite da Polícia Civil, chegaram ao local. Houve nova troca de tiros e os integrantes da quadrilha fugiram.

Com os criminosos, os policias apreenderam um armamento de guerra: dois fuzis .50, com capacidade para derrubar helicóptero, dois fuzis M4 556, uma pistola Glock 9 mm, coletes balísticos, carregadores, rádios-comunicadores, munição e artefatos explosivos.Altair Duarte Cavalheiro e Henrique Bonfim, integrantes da quadrilha, foram presos e o restante da quadrilha, que fugiu para o mato, é procurada pelas forças de segurança do Estado.

“A sinergia anunciada ontem (segunda), quando tomamos posse, já mostrou resultado, com uma ação rápida e integrada das forças policiais”, afirmou o novo secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Julio Cezar dos Reis.

“Foi uma ação ousada do crime, com uma rápida resposta da Segurança Pública”, reforçou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Maurício Tortato.

ATAQUE – Fortemente armados, os assaltantes estavam em cinco carros e utilizaram dois caminhões para bloquear a rodovia e interceptar o comboio da empresa de transporte de valores. Os seguranças reagiram e houve intensa troca de tiros.

“Contamos com a ajuda do canil do Bope e conseguimos encontrar um dos marginais há sete quilômetros do local, no meio do mato. Houve confronto e o homem acabou morrendo”, descreveu o tenente-coronel Hudson Teixeira, comandante do BOPE. Devido à dificuldade de acesso ao local, o corpo do assaltante foi removido de helicóptero.

INVESTIGAÇÃO – Tanto as armas apreendidas no local como as usadas pelos vigilantes serão encaminhadas para confronto balístico no Instituto de Criminalística. Testemunhas começaram a ser ouvidas pelo COPE, responsável pelo inquérito policial do caso.

“Os presos foram autuados em flagrante por tentativa de roubo, porte ilegal de arma e associação criminosa. Vamos dar sequência nas investigações, identificar demais envolvidos e possível participação dessa quadrilha em outros crimes aqui no Paraná, Santa Catarina e São Paulo”, explicou o delegado-chefe do COPE, Rodrigo Brown.

O secretário lamentou a morte de pessoas inocentes que passavam pela rodovia no momento da ação criminosa. O vereador Elton Alexandre Aguiar Matta, da cidade de Barra do Jacaré, região Norte do Estado, e o caminhoneiro Vilson Pereira, que passavam pelo local no momento da ocorrência, foram atingidos e morreram. Outro vereador da mesma cidade, Miguel Calixto, foi socorrido e levado a um hospital de Ponta Grossa.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.