Agora1

Motoristas dirigindo alcoolizados liderou as causas de acidentes no feriado

22 de abril de 2019 - 19:34
Imagem e informações PRF

Mais de 1/3 dos motoristas envolvidos em acidentes nas rodovias federais dos Campos Gerais, estavam embriagados

A PRF encerrou na data de ontem (21/04) a Operação Semana Santa 2019. Na região dos Campos Gerais foram registrados 17 acidentes com 18 feridos. No ano passado foram 8 acidentes com 12 feridos.

Os principais tipos de acidente atendidos pelas equipes da PRF foram: colisão traseira, saída de pista, colisão transversal e colisão lateral. Entre as causas se destacaram a ingestão de álcool (35,3%), a falta de atenção (29,4%) e velocidade incompatível (23,5%).

O acidente mais grave registrado ocorreu no km 464 da BR 376, em que um caminhão carregado de forro de PVC saiu de pista, colidindo com o barranco. A passageira, que não usava cinto de segurança, foi arremessada para fora do veículo, caindo embaixo do caminhão e ficando presa no rodado traseiro. Ela foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Regional em Ponta Grossa. O condutor com lesões leves foi atendido no local.

Durante os dias de operação houve reforço de policiamento com agentes de Curitiba, bem como de outras áreas internas da PRF. Foram fiscalizados 870 veículos, 794 pessoas e realizados 477 testes de embriaguez dos quais 10 foram positivos, sendo 2 condutores presos. Um aumento de 66,7% nos casos de embriaguez, uma vez que em 2018 seis motoristas foram flagrados em estado de embriaguez.

As equipes da PRF flagraram 206 ultrapassagens indevidas (40,9% das infrações do estado) e 11 pessoas estavam sem cinto de segurança e 6 crianças sem a cadeirinha. As operações de radar flagraram 2749 condutores em excesso de velocidade, o que corresponde a 23,3% das infrações desse tipo registradas no Paraná. Foram removidos aos pátios 50 veículos por problemas na documentação ou por não apresentarem condições de segurança. Além dos veículos, 25 CRLVs acabaram recolhidos para regularização de problemas encontrados nos veículos, assim como 10 CNHs por embriaguez do condutor ou por estarem com alguma irregularidade.

Na noite de sábado (20) as equipes PRF realizaram uma operação em conjunto com a Guarda Municipal de Ponta Grossa na Região das Avenidas Souza Naves e Presidente Kennedy, onde 4 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante.

Além dos números acima, 108 pessoas foram sensibilizadas nas Campanha Cinto nas Estradas, que visa conscientizar os ocupantes dos veículos sobre a importância do uso do cinto de segurança e da cadeirinha.
A PRF alerta que “Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência incorre em Infração gravíssima; Penalidade: multa (R$2.934,70) e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Caso o índice verificado no teste do etilômetro ultrapasse 0,30 mg/l ar expelido, o motorista será detido e responderá pelo Crime de Embriaguez ao Volante, previsto no Art. 306 do CTB: Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência com Penas – detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.