Agora1

Secretaria de Agricultura define data para lançamento da 40ª Efapi

31 de julho de 2018 - 20:40
Eventus Led no Stand da Stara Thormaquinas efapi 2013/ Alvaro Jr

Por Ana Bitencourt Maravieski

Hoje (31) a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), em parceria com a Sociedade Rural dos Campos Gerais (SRCP), realizou uma reunião com os criadores de equinos de todas as raças comportadas na região dos Campos Gerais, de muladeiros, e dos responsáveis pelo hipismo na cidade para estabelecer a quantidade dos animais que participarão da 40ª Exposição Feira Agropecuária e Industrial de Ponta Grossa (EFAPI).

No encontro também foi realizado o convite para o lançamento oficial do evento que acontecerá na quinta-feira (2), às 19 horas na Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG).

O evento acontecerá de 10 a 16 de setembro e a expectativa é que cerca de 250 cavalos – divididos de acordo com as suas raças – estejam alocados no Centro Agropecuário Ayrton Berger durante os dias de Efapi. “Discutimos quais serão os prêmios distribuídos, alimentação de cada raça, provas, entre outras questões para dar andamento aos preparativos da exposição”, comenta o secretário da SMAPA, Ivonei Afonso Veiria.

Em um primeiro encontro a Prefeitura Municipal firmou uma parceria com a Sociedade Rural para a execução do evento. “Como a nossa função é a realização da Feira em si, estamos nos reunindo para definir como será o evento.

Hoje tivemos o acerto da utilização das pistas do parque, o que cada um dos criadores fará por dia com os seus animais. Esse procedimento se repetirá ao longo dos dias para que também possamos definir em outras reuniões como será a estrutura para os bovinos, ovinos, em relação a alimentação, entre outros serviços”, relata Gorte.

Criadores da região dos Campos Gerais

No encontro foram reunidos os criadores das raças crioulo, quarto de milha, manga larga marchador, muladeiros, cavalos hípicos e campolina. Para o responsável pela Associação Paranaense de Ranch Sorting, Paulo Tatsch, a reunião foi muito proveitosa e ele tem grandes expectativas em relação a exposição dos seus cavalos quarto de milha.

“Estamos caminhando seriamente, a reunião foi muito positiva. Todos os núcleos têm um mesmo objetivo: encontrar uma feira bem organizada, limpa e segura. Acredito que a 40ª Efapi será um sucesso e a nossa região merece isso”, exclamou Tatsch.

Para Pedro Justus, representante da raça campolina, a exposição é referência. “Atualmente o cavalo Campolina está voltando ao Paraná, estivemos presentes na Horse Fest, em Londrina, e agora novamente na Efapi, que para nós, criadores da raça Campolina, é um marco já que podemos mostrar um cavalo bom, bonito e marchador”, disse Justus.

Já Bastian Dykstra do Núcleo Caminhos das Tropas (CNT) tem a expectativa de que o evento seja um destaque para a raça crioula. “Esperamos uma grande quantidade e qualidade de animais para que a exposição seja bem proveitosa e, assim, se torne referência para a raça crioula da região”, espera Dykstra.

O instrutor responsável do Clube Hípico de Ponta Grossa (CHPG), Raphael Corrêa, comenta a necessidade de feiras como a Efapi em Ponta Grossa. “A cidade está muito carente de eventos como a exposição, eu sou recém-chegado em Ponta Grossa, e embora a parte equestre na região seja bastante disseminada, ainda há uma carência em relação à junção de todos os núcleos esportivos, de raças diferentes e criatórios diferentes. Esperamos que a gente consiga dar um reinício nesses eventos, tanto a nível estadual e até nacional nos próximos anos”, finaliza Corrêa.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.