Agora1

25º

​Ponta Grossa é destaque em evento nacional voltado para pequenas empresas

28 de novembro de 2017 - 16:45
Imagem divulgação

O prefeito Marcelo Rangel palestrou sobre oportunidades para MEIs em compras públicas no Fomenta Nacional, promovido pelo Sebrae

Foi iniciado hoje (28) o VIII Fomenta Nacional – Encontro de Oportunidades para Micro e Pequenas Empresas nas Compras Governamentais, evento promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa foi convidada a participar como exemplo de case de sucesso nesta edição, que está sendo realizada em Brasília/DF.

Nesta tarde o prefeito Marcelo Rangel palestrou no painel de oportunidades para os microempreendedores individuais (MEIs) nas compras públicas, juntamente ao senador José Pimentel e ao Secretário de Economia e Desenvolvimento, Inovação, Ciência e Tecnologia do Governo de Brasília, Antônio Valdir Oliveira Filho.

A coordenadora de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação de Ponta Grossa, Tônia Mansani, também participou do evento, e conta que desde 2015, quando foi criada a Lei Municipal nº 12.222/2015, que incentiva a concorrência de MEIs, microempresas (MEs) e empresas de pequeno porte (EPPs) nas licitações municipais, o número de participação desta modalidade cresceu nas compras públicas.

“Além da legislação, também promovemos workshops com os secretários municipais para incentivar a realização de licitações exclusivas para os pequenos empresários locais, o que faz com que o investimento necessário do governo seja um aliado no desenvolvimento desta modalidade”, explica Tônia, que também destaca que a Sala do Empreendedor oferece assessoria e orientações gratuitas para os interessados nos certames.

Enquanto em 2015 apenas 0,25% do total de licitações foi destinado a MEIs, MEs e EPPs – o equivalente a pouco mais de R$ 1 milhão – em 2016 esse percentual já subiu para 17%, o que significa quase R$ 39 milhões. Já no primeiro semestre desse ano essa participação ultrapassou 20%, somando quase R$ 17 milhões – e destes, pelo menos R$ 1.780.000 foram exclusivos para MEIs.

O prefeito Marcelo Rangel lembra que esta modalidade integra trabalhadores autônomos e donos do seu próprio negócio. “Quando falamos ‘MEI’ muitas vezes as pessoas não se dão conta de quem realmente são essas pessoas. Toda a nossa equipe está de parabéns por pensar no sucesso desta população – desde os nossos gestores até os pregoeiros das licitações”, aponta Rangel.

 

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.